terça-feira, 31 de agosto de 2010

10 Filmes de Julianne Moore



Vocês escolheram na enquete e a lista de hoje é sobre Julianne Moore. Foram 310 votos, no total, sendo 72 para Julianne contra 71 de Angelina Jolie, 40 de Morgan Freeman, 33 de Audrey Hepburn, 28 de Sean Penn, 26 de Fernanda Montenegro, 24 de Robert DeNiro, 12 de Julia Roberts e 4 de Jack Lemmon. Obrigado aos que participaram.
A americana Julie Anne Smith completa em dezembro 50 anos de idade com uma carreira consistente e vitoriosa.
O pai era um juiz do exército e, por conta disso, sua família mudou-se 23 vezes antes de ela completar 18 anos e ir para a universidade em Boston, onde se graduou em artes cênicas.
Julianne começou nas novelas da tarde, interpretando duas meio-irmãs, o que lhe valeu um Daytime Emmy em 1988.
Em 1990 estreou na tela grande num dos segmentos de "Contos da Escuridão". Em seguida apareceu em "A Mão que Balança o Berço" e gradualmente seus papéis foram melhorando.
Com quase 50 filmes, 4 indicações ao Oscar e 40 prêmios na bagagem, Julianne Moore chegou lá. Seu salário já passou da casa de 1 milhão de dólares (ganhou 3 milhões por "Hannibal") e está envolvida em pelo menos 7 novos projetos.
Esta lista traz 10 dos mais marcantes filmes da ruiva, mas poderia ser bem maior.


1.  Longe do Paraíso (Julianne é uma típica dona de casa dos anos 50, que flagra seu marido, um bem sucedido empresário - Dennis Quaid -, aos beijos com outro homem. enquanto isso, ela desenvolve uma amizade com um jardineiro negro e passa a ser mal vista pelos vizinhos. um retrato de tempos de ignorância e uma interpretação espetacular, indicada ao Oscar e a dezenas de outros prêmios)


2.  Fim de Caso (no fim de 1946, um escritor - Ralph Fiennes - encontra o marido de sua ex-amante - Moore -, com quem teve um intenso relacionamento por 2 anos e que o abandonou sem maiores explicações. o encontro reacende seu ciúme e ele tenta descobrir o motivo da separação. segunda e merecida indicação de Julianne ao Oscar num ótimo filme de Neil Jordan)


3.  Ensaio sobre a Cegueira (adaptação de Fernando Meirelles da obra-prima de José Saramago. Julianne destaca entre os personagens sem nome, como a mulher do médico, que é uma das únicas imunes à epidemia de cegueira que se abate sobre todo o planeta. ótimo filme, grande interpretação)


4.  As Horas (Julianne vive mais uma mulher dos anos 50, uma angustiada dona de casa grávida que lê avidamente o livro "Mrs. Dalloway" de Virginia Wolff - Nicole Kidman -, a única coisa que a deixa feliz, apesar de ter uma vida aparentemente perfeita. sólida interpretação de Moore, indicada ao Oscar de coadjuvante)


5.  Direito de Amar (Moore é a melhor amiga do professor inglês, que perde o companheiro num acidente de carro nos anos 50. o excelente filme de Tom Ford dá mais uma personagem de época para Julianne em uma de suas melhores interpretações)


6.  Os Esquecidos (uma mulher fica desesperada com a morte do filho de 8 anos, que se surpreende ao ouvir de seu psiquiatra que ela nunca teve esse filho e que os anos de memórias dele são sua imaginação. ela conhece outro pai que está passando pela mesma situação e decide investigar. a premissa é boa, a solução beira o ridículo, mas Julianne se sai bem, como sempre)


7.  Magnólia (na obra-prima de Paul Thomas Anderson, um mosaico de personagens em busca de felicidade, perdão e sentido, Julianne tem um dos melhores personagens. é a esposa de um homem muito mais velho - Jason Robards -, que casou-se por interesse, mas no leito da morte dele, percebe que o ama. ótimo filme, ótima interpretação)


8.  Boogie Nights (o filme fala sobre o auge da indústria de filmes pornô nos anos 70. o papel de uma ex-dona de casa, que virou atriz pornô deu a Julianne sua primeira indicação ao Oscar de coadjuvante e a colocou no mapa. outro grande filme de Paul Thomas Anderson)


9.  Um Marido Ideal (um político britânico em ascenção, casado com uma nobre - Cate Blanchett - tem sua carreira ameaçada quando uma ardilosa aventureira - Julianne - o ameaça com fatos do seu passado. divertida comédia de costumes, baseada em livro de Oscar Wilde)


10.  O Preço da Traição (Julianne é uma ginecologista de sucesso, que tem uma vida perfeita, mas começa a desconfiar da fidelidade do marido - Liam Neeson. decide contratar uma acompanhante para testá-lo, com consequências inesperadas. bom filme de Atom Egoyan de 2009, que passou despercebido em nossos cinemas)


Veja também: "Um Ano de Listas de 10: 10 Listas Favoritas"

sábado, 28 de agosto de 2010

Um ano do Listas de 10: 10 Listas Favoritas



Se alguém me dissesse há um ano atrás que meu modesto blog de listas chegaria a quase 1.200.000 page-views e 800.000 visitas, eu diria que seria impossível.
Criei um blog sobre um assunto que eu gostaria de ler e acho que este foi o segredo do seu sucesso.
Em um ano foram 267 listas sobre os mais variados temas, com milhares de comentários e diversos seguidores, que compartilham cada uma delas comigo, dando sugestões, reclamando... participando.
Aproveito para agradecer a cada um de vocês que vem me acompanhando e me dão forças - e ideias - para continuar fazendo do Listas de 10, o mais completo blog de listas de cinema da web.
Este post traz uma escolha pessoal de 10 das minhas Listas favoritas entre todas as que fiz. Claro que amo todas, como qualquer pai, mas algumas têm um significado especial, que quero dividir com vocês.
Espero que me desculpem por falar na primeira pessoa e fazer esta lista bem pessoal. Mas tenham certeza que o blog há muito tempo não mais meu, é - sem demagogia - de cada um de vocês. Obrigado! Abs!!!


1.  10 Filmes Amaldiçoados com Filmagens Acidentadas ou Trágicas (foi a primeira lista a ultrapassar 10 mil visitas, hoje já tem o dobro disso. era um assunto pelo qual eu tinha bastante curiosidade e pesquisei muito em diversas fontes, todas estrangeiras até chegar em 10 histórias muito boas. sobrou material para outra lista, mas os melhores "causos" estão nesta)


2.  10 Filmes com Trilhas de Ennio Morricone (a primeira a incorporar música, com um player de cada uma das trilhas escolhidas. além de proporcionar mais interação, tive que aprender a incorporar o áudio de uma forma simples. além de eu adorar as trilhas do mestre, claro. depois dela fiz uma segunda com trilhas de John Williams e estou preparando uma terceira)


3.  10 Astros que Mais Morreram em Filmes (uma lista divertida, baseada numa semelhante, publicada pela revista Première americana. contabiliza as mortes que os astros de Hollywood tiveram em seus filmes até então)


4.  10 Filmes Indicados ao Oscar 2010 (foi uma experiência quase jornalística. uma hora depois de anunciados os indicados, já estava no ar esta lista comentada de todos os 10 filmes, que eu já havia assistido)


5.  10 Falsos Documentários (uma das listas mais comentadas e com os comentários mais descabidos. eu jamais imaginava que havia quem acreditasse em bruxas, fantasmas e ets e que eles estariam dispostos a me confrontar. surreal e divertido)


6.  10 Filmes da Boca do Lixo (outra pesquisa da qual me orgulho, por trazer ao público do blog um pouco da história do cinema paulistano. junto com outras listas do cinema brasileiro, é parte de trabalho que considero importante por resgatar e valorizar os nossos filmes)


7.  10 Filmes Franceses Recentes (assim como listas de outras nacionalidades, me estimulou a assistir diversos filmes que não havia visto, para poder montar a lista. me fez aprender mais e não apenas dividir o que eu já sabia)


8.  10 Filmes Famosos que Atores Recusaram (outra lista divertida, especialmente por eu ter feito montagens fotográficas, inserindo os atores que recusaram nos filmes onde não estão. divertido de ler e de fazer)


9.  10 Títulos Nacionais Idiotas (uma coisa que sempre me incomodou foi a tradução dos distribuidores nacionais para os filmes estrangeiros. esta lista fez grande sucesso, como dezenas de comentários de internautas que compartilham minha indignação e sugerem diversos outros títulos)


10.  10 Trilogias de Filmes (sempre gostamos dos últimos trabalhos, das últimas listas, por isso escolhi uma lista bem nova, desta semana, que trouxe à lembrança trilogias de filmes de diretores importantes do cinema)


sexta-feira, 27 de agosto de 2010

10 Filmes sobre Vinho



O vinho está em nossas vidas há pelo menos 6 mil anos.
Faz parte de relatos ancestrais e de cerimônias religiosas desde a Grécia antiga.
Em Roma, o vinho era tão importante que havia um deus do vinho, Baco, versão romana do deus grego Dionísio.
Hoje em dia, a indústria do vinho prosperou e a bebida está mais presente e acessível. É estudada por seus benefícios à saúde e cultuada por seus entusiasmados conhecedores.
O cinema produziu alguns filmes sobre o vinho e esta é uma lista com 10 deles.


1.  Sideways, Entre Umas e Outras (Paul Giamatti é um escritor depressivo que decide dar ao seu melhor amigo uma viagem pelas vinícolas da Califórnia como presente de despedida de solteiro. no caminho conhecem duas mulheres que, como eles, amam os vinhos. um pequeno grande filme, que chegou a ser indicado aos principais Oscars e ganhou o de roteiro)


2.  Caminhando nas Nuvens (Keanu Reeves é um jovem que volta da segunda guerra e conhece no ônibus a filha de um vinicultor, que está voltando do colégio para casa para ajudar na colheita. ela não é casada, mas está grávida e ele se oferece para passar por seu marido e conter a ira do pai. linda fotografia, muita gente pisando em uvas e uma linda trilha para embalar)


3.  Um Bom Ano (Russell Crowe é um investidor inglês workaholic e sem muitos escrúpulos, que herda de seu tio - Albert Finney - uma vinícola na França, onde ele passou a infância. quando visita o local, acaba seduzido por suas lembranças e pela atmosfera. um pequeno e incomum filme de Ridley Scott)


4.  Mondovino (um excelente documentário sobre a guerra entre as poderosas famílias produtoras de vinho, em especial, da Califórnia e da Borgonha. o filme satiriza os mitos e o apetite voraz dos americanos que trocaram a qualidade pelo lucro fácil. exibido em Cannes na mostra oficial e indicado ao Cesar de filme europeu)


5.  Conto de Outono (uma viúva de 45 anos vive sozinha no campo, onde produz vinhos, desde que os filhos foram embora. suas amigas tentam lhe arrumar um novo marido. um dos contos de Eric Rohmer, feito com pouca verba, mas com leveza)


6.  Bottle Shock (baseado em fatos reais, retrata os primeiros anos da produção de vinho no vale de Napa, na California, culminando com a histórica vitória de uma vinícola local na competição de melhores vinhos do mundo em 1976, que colocou a região no mapa. um ótimo filme)


7.  O Rato que Ruge (um fictício menor país do mundo, localizado nos Alpes, entre a França e a Suíça, tem como única fonte de renda a exportação de um famoso vinho para os Estados Unidos, mas uma falsificação feita na California faz com que parem de importá-lo, levando o país a uma crise econômica. por isso o primeiro-ministro tem a idéia de declarar guerra aos EUA, esperando ajuda após serem derrotados, o problema é que eles "vencem" a guerra. veículo para o genial Peter Sellers fazer rir com vários personagens. divertido)


8.  O Vale das Paixões (em 1931, uma jovem muda-se da Inglaterra para a California para ajudar os tios, produtores de vinho, que continuam ricos apesar dos anos de lei seca. o objetivo é casá-la com o herdeiro de outra vinícola e assim unir os clãs. claro que nem tudo vai sair como planejado. novelão de Henry King)


9.  Uncorked - At Sachem Farm (um rapaz - Rufus Selwell - planeja vender a valiosa coleção de vinhos da família para financiar seu projeto de mineração, que acredita irá deixá-lo rico. mas seu excêntrico tio - Nigel Hawthorne - tem outros planos para a coleção. filme independente pouco conhecido)


10.  O Ano do Cometa (uma moça é enviada a Escócia para catalogar os vinhos de seu pai e encontra uma raríssima garrafa de vinho, produzida no ano da passagem do cometa Halley em 1811. um tesouro que é perseguido por vários mercenários e ela vai precisar da ajuda de um grosseirão, por quem obviamente vai se apaixonar. fraco, bem fraco)


Veja ainda: "10 Filmes sobre Gastronomia"

quarta-feira, 25 de agosto de 2010

10 Filmes de Sean Connery


Thomas Sean Connery nasceu em Edimburgo, na Escócia em 25 de agosto de 1930, completando hoje 80 anos.
Filho de uma faxineira e de um motorista de táxi, Sean teve uma vida dura, tendo trabalhado como leiteiro, motorista de caminhão, operário, modelo de escola de artes, polidor de caixões e halterofilista, que o levou a participar de um concurso de Mr.Universo (ficou em terceiro na categoria "homens altos").
Como ator fez vários trabalhos de televisão e teve seu primeiro papel de destaque no cinema em 1957, em "No Road Back". Em 1962 foi escolhido pelo produtor Albert R. Broccoli, contra a vontade do escritor Ian Fleming, para viver o agente James Bond no cinema. 
Connery encarnou o agente 007 em 7 filmes, o que o tornou famoso, enriqueceu, mas o deixou marcado.
Depois de quase 90 filmes e um Oscar, Connery é devidamente reverenciado como um dos ícones do cinema e um ator de primeira grandeza.
Separei uma lista com 10 de seus filmes, que atestam seu talento excepcional.


1.  007 Contra o Satânico Dr.No (primeiro filme da série do agente James Bond, que enfrenta um cientista determinado a destruir o programa espacial norte-americano. o filme foi um enorme sucesso, virando mania por décadas em todo o mundo)


2.  O Homem que Queria ser Rei (Connery e Michael Caine são dois malandros aventureiros que vivem de tráfico na Índia de 1880. quando encontram um reino remoto atacado por invasores, ajudam a salvar os habitantes e Sean é aclamado rei, e decide ficar. um dos melhores filmes de John Huston com grandes atuações da dupla)


3.  Até os Deuses Erram (Connery é um veterano oficial da polícia britânica. em busca de um homem que vinha molestando meninas bem jovens, prende um suspeito - Ian Bannen, ótimo - e no interrogatório ele explode em violência, as injustiças que presenciou, acumuladas na carreira. um filme excepcional de Sidney Lumet, com a melhor interpretação da carreira de Sean)


4.  Os Intocáveis (versão para cinema da série de tv, onde um grupo de policiais honestos enfrentam Al Capone e toda a polícia corrupta de Chicago dos anos 1930. pelo papel de um policial irlandês aposentado, Connery ganhou seu merecido Oscar de melhor ator coadjuvante. o melhor filme do diretor Brian DePalma)


5.  A Colina dos Homens Perdidos (durante a segunda guerra, o exército britânico mantém um campo na Líbia, para disciplinar militares que tiveram condutas reprováveis. no campo, os comandantes utilizam métodos de humilhação e tormentos psicológicos, que chegam ao sadismo. entre os soldados punidos está Sean Connery, que lidera a resistência aos sargentos. outro ótimo filme de Sidney Lumet) 


6.  Marnie, Confissões de uma Ladra (Sean é um empresário que se apaixona por uma funcionária - Tippi Hedren -, mas descobre que ela utiliza identidade falsa e disfarces para cometer golpes. quando ele percebe que foi roubado decide casar com ela e descobrir quem ela realmente é. um Hitchcock menor, o que é muita coisa)


7.  Robin e Marian (Sean é um Robin Hood aposentado e envelhecido, volta das cruzadas e descobre que sua amada - Audrey Hepburn - tornou-se abadessa do convento e é perseguida pelo xerife de Nottingham. bom filme, graças ao roteiro original de James Goldman)


8.  O Nome da Rosa (em 1327, um monge franciscano - Connery - é chamado a um mosteiro para ajudar a solucionar uma série misteriosos assassinados que lá estão ocorrendo. um filme de detetive na era medieval, baseado no excelente best-seller de Umberto Eco e dirigido por Jean-Jacques Annaud)


9.  Encontrando Forrester (um rapaz negro de 16 anos se destaca como jogador de basquete, mas sua paixão é escrever. por acaso ele encontra um escritor recluso - Connery -, que ganhou um prêmio Pullitzer pelo único livro que fez. entre os dois nasce uma relação de troca, que beneficia a ambos. bonito filme de Gus Van Sant)


10.  Indiana Jones e a Última Cruzada (Sean aparece na terceira parte da série como o pai do aventureiro Indiana Jones, com quem tem uma relação difícil. o pai acaba sequestrado pelos nazistas, interessados no Santo Graal e o filho tem que ajudá-lo. Connery é a alma do filme)


Veja também: "10 Filmes do Ator Clint Eastwood"

segunda-feira, 23 de agosto de 2010

10 Trilogias de Filmes



Como nos trípticos renascentistas, muitos diretores elaboram seu filmes em trilogias.
A ideia é o conceito de começo, meio e fim de uma história ou de um tema, embora muitas vezes o sucesso comercial os impila a fazer novas continuações.
Muitas foram as ótimas trilogias do cinema, o que pode fazer com que esta lista seja, ela também, a primeira parte de uma trilogia...
Steven Spielberg e Peter Jackson já anunciaram sua nova trilogia com o personagem Tintin, que tem data prevista para lançamento em dezembro de 2011.
Enquanto esperamos, confiram a minha lista com 10 das melhores trilogias do cinema. Com um detalhe importante: todas as trilogias desta lista têm o mesmo diretor nos três filmes.


1.  Trilogia Godfather - Francis Ford Coppola (O Poderoso Chefão 1, 2 e 3. quando a Paramount comprou os direitos do best seller de Mario Puzo sobre uma família da máfia siciliana na América, convidou primeiro Sergio Leone e depois Peter Bogdanovich, que declinaram. Coppola de ascendêcia siciliana, também relutou mas aceitou o projeto que mudaria sua vida e muito da história do cinema moderno. todos os três filmes são geniais, sendo que os dois primeiros ganharam o Oscar de melhor filme em 1972 e 1974, a terceira parte foi lançada apenas em 1990)


2.  Trilogia Senhor dos Anéis - Peter Jackson (A Sociedade do Anel/As Duas Torres/O Retorno do Rei. quando Jackson se propôs a adaptar os livros de J.R.R.Tolkien já sabia que preciria dividir em vários filmes e ainda assim todos ficariam longos. mas valeu a pena. produzidos durante 8 anos, com cenários na Nova Zelândia, a trilhogia faturou quase 3 bilhões de dólares e 17 Oscars, sendo um de melhor filme para a última parte. obra-prima)


3.  Trilogia das Cores - Krzysztof Kieslowski (A Liberdade é Azul/A Igualdade é Branca/A Fraternidade é Vermelha. concebida para a comemoração do bicentenário da Revolução francesa, a trilogia do diretor polonês traça um paralelo entre as cores da bandeira e o lema da revolução, com três dramas passados nos dias de hoje. excepcional)


4.  Trilogia da Vingança - Chan-wook Park (Mr. Vingança/Oldboy/Lady Vingança. a violência estilizada e elegante de Park apresentou o cinema coreano ao mundo. em comum, os protagonistas buscam vingança pessoal a qualquer preço. sucesso merecido de um diretor que ainda tem muito para dar ao cinema)


5.  Trilogia dos Dólares - Sergio Leone (Por um Punhado de Dólares/Por uns Dólares a Mais/Três Homens em Conflito. o genial diretor italiano inventou um novo gênero na década de 1960, ao estilizar o oeste americano na Itália. o personagem central dos três filmes é um pistoleiro sem nome, vivido por um ator importado dos seriados americanos, chamado Clint Eastwood. uniu-se ainda com o maestro Ennio Morricone, que criou trilhas inspiradas e voilá! obra-prima!)


6.  Trilogia da Vida - Pier Paolo Pasolini (Decameron/Contos de Canterbury/As Mil e Uma Noites. o grande sucesso do polêmico diretor italiano veio com esta trilogia feita nos anos 1970, baseada em escritores medievais, que exaltava a vida e o sexo e confrontava a igreja e os políticos. porém seu conteúdo erótico acabou ajudando a promovê-los, o que fez com que Pasolini os renegasse. independente disso, a trilogia é ótima e representou um sopro de rebeldia no cinema acadêmico que se fazia)


7.  Trilogia do Coração de Ouro - Lars von Trier (Ondas do Destino/Os Idiotas/Dançando no Escuro. nesta trilogia do diretor dinamarquês, as heroínas ingênuas, mantém seu coração de ouro, apesar das provações que passam. os três filmes são associados ao movimento Dogma95, mas apenas 'Os Idiotas' foi certificado assim. Trier tem outras duas trilogias no currículo, Trilogia da Europa e a não finalizada Trilogia da Terra de Oportunidades) 


8.  Trilogia De Volta para o Futuro - Robert Zemeckis (De Volta Para o Futuro 1, 2 e 3. produzida por Steven Spielberg, a série de filmes, com o personagem que avançava e voltava no tempo utilizando um carro esporte DeLorean, foi um marco dos anos 1980. os bons roteiros de Zemeckis e Bob Gale e o carisma do ator Michael J.Fox tornaram a trilogia um enorme sucesso de público)


9.  Trilogia Indiana Jones - Steven Spielberg (Os Caçadores da Arca Perdida/Indiana Jones e o Templo da Perdição/Indiana Jones e a Última Cruzada. Spielberg e George Lucas ressuscitaram a emoção dos seriados de aventura, que o cinema exibia antes dos filmes no começo do século 20, na pele do arqueólogo aventureiro vivido por Harrison Ford. foram três filmes de ação intermitente, ótimos diálogos e com a música empolgante de John Williams. o pecado foi tentarem fazer uma quarta aventura anos depois, que acabou merecidamente ignorada)


10.  Trilogia do Apartamento - Arnaldo Jabor (Tudo Bem/Eu Te Amo/Eu Sei Que Vou Te Amar. a trilogia do diretor carioca, busca a relação de três diferentes casais, dentro do espaço limitado de seus apartamentos. o primeiro colocava a questão econômica e política da classe média, o segundo os limites do sexo - claramente inspirado em 'O Último Tango em Paris' - e o terceiro discutia a relação, uma sessão de psicanálise que deu a Fernanda Torres o prêmio de melhor atriz em Cannes)


Esta lista foi feita por sugestão do amigo @Gilciano do Twitter.
Veja ainda: "10 Remakes Americanos de Filmes Estrangeiros"

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails