terça-feira, 31 de maio de 2011

10 Filmes com Super Heróis Mais Sexies



Bem, vamos esclarecer que esta lista não foi feita por mim, portanto estou nela de passageiro, como vocês.
As verdadeiras culpadas, digo autoras, são as amigas do twitter: @anapraconi   @Booorges e @PepaFunny.
A lista traz 10 heróis de quadrinhos que foram para o cinema e entraram imediatamente para a 'wishlist' das garotas e de muitos garotos também. Estejam à vontade para sugerir os seus favoritos nos comentários.


1.  Thor - Thor (onze em cada dez garotas foram ao cinema atraídas pelo peitoral do australiano Chris Hemsworth, que ficou conhecido em seu país na novela 'Home and Away' e chegou ao cinema americano vivendo o pai do capitão Kirk em Star Trek de 2009. a má notícia é que o ator de 26 anos já está casado desde setembro com a bela atriz Elsa Pataki, a boa notícia é que ele tem dois irmãos também atores)

2. 
 300 - Leonidas (o personagem de Gerard Butler, bem como de seus 299 companheiros chamou mais a atenção por sua forma física perfeita que pela trama em si. muito photoshop e maquiagem foram suficientes para encher a imaginação das fãs)

3. 
 X-Men - Wolverine (quando surgiu em 2000, exalando testosterona, o também australiano - e bom ator - Hugh Jackman roubou o filme para si. dentre tantos personagens interessantes na escola do professor Xavier nenhum tinha o apelo do mutante com garras de adamantium)

4. 
 Homem de Ferro - Tony Stark (o ótimo Robert Downey Jr conseguiu dar personalidade e até sex-appeal ao herói de ferro e atrair suspiros da plateia. a terceira parte deve chegar em 2013, isso é daqui a umas 25 TPMs, tenham paciência!) 

5. 
 Capitão América, o Primeiro Vingador - Steve Rogers (agora falta pouco, respirem bastante para soltar seus gritinhos ao verem o musculoso Chris Evans nas roupas justas do herói. o rapaz já viveu o Tocha Humana do Quarteto Fantástico, mas ninguém lembrou desse) 

6. 
 Batman Begins - Bruce Wayne (nesse item houve uma disputa entre as fãs do George Clooney e sua armadura com mamilos e o sério e macho Christian Bale, ralando no treinamento para dar credibilidade e realismo aos feitos do herói. claro que venceu o segundo)
 
7. 
 Superman, o Retorno - Superman (cada um a seu tempo, no cinema ou na tv, o kryptoniano sempre foi interpretado por belos atores, em alguns casos, amaldiçoados por destinos trágicos. nesta boa última versão, o escolhido foi o desconhecido Brandon Routh, que permaneceu desconhecido depois do filme, mas teve seus minutos de fama incensados por um boato de que era - errr - "bem dotado" demais para usar a malha justa do personagem. talvez daí venha sua escolha para o sétimo lugar)

8. 
 Homem-Aranha 3 - Green Goblin II (o queridinho James Franco, assumiu a máscara do vilão Duende Verde do pai para vingá-lo no terceiro filme da série. facilmente roubou a cena do heroi, mas acho que essa foi só uma desculpa para colocarem Franco nesta lista)


9.  X-Men, Primeira Classe - Charles Xavier (antes de se tornar professor e ganhar a careca de Patrick Stewart, o personagem teve uma história tumultuada, contada neste novo filme da franquia. aqui ele é interpretado pelo bonitinho escocês James McAvoy, que faz o estilo bom moço, pra casar)


10.  Sin City - Dwight McCarthy (Clive Owen é fofo e macho ao mesmo tempo, todo mundo gosta dele. no filme baseado nos quadrinhos de Frank Miller, vive um detetive que troca a cabeça do Benicio DelToro por uma prostituta em perigo, um gentleman)


Veja também: "10 Filmes de Super-Heróis"

terça-feira, 24 de maio de 2011

10 Filmes de Diretores Jovens



O caminho normal é um cineasta começar como assistente, diretor de unidade, fotógrafo, editor, contra-regra e só chegar a dirigir um filme por volta dos 40 anos.
Mas alguns começam precocemente a dirigir bons filmes, mais maduros que muitos veteranos.
Aqui está uma lista de 10 filmes longos feitos por cineastas bem jovens. Se lembrarem de mais algum, comentem!


1.  Xavier Dolan - Eu Matei Minha Mãe - aos 20 anos (filho de um ator, o canadense Dolan começou muito cedo como ator infantil e resolveu dirigir porque, segundo ele, não estava conseguindo mais bons papéis. dirigiu este ótimo drama ligeiramente auto-biográfico, focado numa relação difícil entre um garoto de 17 anos, descobrindo a própria sexualidade, e sua mãe. o filme foi premiado em Cannes e outros festivais. seu segundo longa, "Les Amours Imaginaires", feito no ano seguinte, também é muito bom e vem muito mais por aí)


2.  Bruno Barreto - Dona Flor e Seus Dois Maridos - aos 21 anos (filho do mais famoso produtor do cinema brasileiro, Bruno já havia dirigido "Tati, a Garota" aos 18 anos de idade e "A Estrela Sobe" aos 19, quando fez seu filme mais famoso. baseado no livro de Jorge Amado, conta a história de uma bela viúva que volta a se casar e passa a ser visitada pelo fantasma no falecido marido bon-vivant. até Tropa de Elite 2 era o maior sucesso de bilheteria do cinema nacional)


3.  Sam Raimi - A Morte do Demônio - aos 21 anos (desde criança Sam adorava cinema, era um fã devotado dos Três Patetas e já fazia filmes em super 8. por dois anos, junto com seus amigos filmou este cult de terror, onde, por falta de verba, teve que inventar e improvisar equipamentos como gruas e dollies, conseguindo efeitos muito originais. o sucesso foi tanto que anos mais tarde pode refazer o filme com produção caprichada)


4.  Steven Spielberg - Encurralado - aos 24 anos (Spielberg chamou a atenção aos 21 anos com o curta "Amblin" e logo foi contratado para dirigir séries de televisão. quando apareceu a oportunidade de filmar este conto de Richard Matheson, sobre um motorista perseguido por um caminhão misterioso, mostrou todo seu talento e o filme, feito para TV, foi parar nos cinemas e ganhou o festival de Avoriaz, abrindo as portas para ele dirigir "Tubarão" quatro anos depois)


5.  Kevin Smith - O Balconista - aos 23 anos (Kevin fez este filme, em preto e branco, na loja em que trabalhava e só tinha permissão para gravar à noite, quando a loja estava fechada. o resultado é que acabou ganhando o principal prêmio do festival de Sundance e foi distribuído pela Miramax, iniciando uma carreira de destaque, com filmes autorais)


6.  Orson Welles - Cidadão Kane - aos 25 anos (Welles teve uma formação sofisticada, embora tenha perdido seus pais cedo. casou-se aos 19 anos, quando começou a atuar em teatro e no rádio, graças à sua voz potente. mesmo tendo feito apenas dois curtas, ele já era considerado um garoto-prodígio e convenceu a RKO a deixá-lo dirigir esta história sobre um magnata das comunicações. o filme foi um fracasso de bilheteria, mas mais tarde tornou-se cult, sendo considerado, por muitos críticos, o melhor filme da história do cinema)


7.  John Singleton - Os Donos da Rua - aos 23 anos (Singleton destacou-se na universidade da Califórnia, conquistando três prêmios de roteiro, o que lhe valeu um contrato com a poderosa agência CAA, antes mesmo da formatura. um desses roteiros, ligeiramente autobiográfico, era sobre um rapaz inteligente mas rebelde cuja mãe percebe que não consegue controlar e entrega sua criação ao pai, que lhe ensina bons valores morais. a Columbia comprou os direitos, lhe deu 7 milhões de dólares e liberdade para realizá-lo. o resultado foram duas indicações ao Oscar, roteiro e direção, o mais jovem diretor a ser indicado até hoje)


8.  Steve Soderbergh - Sexo, Mentiras e Videotape - aos 26 anos (Steve chamou a atenção com um vídeo documentário sobre o grupo Yes aos 22 anos, que chegou a ser indicado ao Grammy. dois anos mais tarde realizou o curta "Winston", cujo argumento originou seu primeiro longa, sobre um homem que está com problemas conjugais, tem um caso com a cunhada e recebe a visita de um amigo de infância, que grava vídeos de mulheres falando sobre suas vidas sexuais. o filme ganhou a Palma de Ouro em Cannes e dezenas de outros prêmios, revelando um grande diretor)


9.  Bernardo Bertolucci - Antes da Revolução -  aos 24 anos (Bertolucci notabilizou-se como poeta quando jovem. mais tarde, aos 21 anos, tornou-se assistente de direção de Pier Paolo Pasolini em "Acattone", que retribuiu roteirizando, no ano seguinte, seu primeiro longa "La Commare Secca", mas foi com seu segundo filme, que sua carreira decolou. "Antes da Revolução" fala sobre um jovem de 22 anos, já desiludido com o comunismo e às voltas com a sua tia, dez anos mais velha)


10.  Robert Rodriguez - El Mariachi - aos 24 anos (o texano Rodriguez sempre foi fascinado por cartoon e cinema. para conseguir parte dos sete mil dólares necessários para rodar seu primeiro filme, submeteu-se até a testar uma droga experimental - redutora de colesterol - por um mês dentro de um laboratório, onde escreveu o roteiro do eletrizante "El Mariachi", a história de um cantor e guitarrista que chega a um vilarejo do México e é confundido com um perigoso bandido. a intenção era lançá-lo em vídeo, mas após ser premiado em Sundance, foi comprado pela Columbia, recebeu verba para pós-produção e divulgação e teve uma bilheteria respeitável. e isso era só o começo de uma grande carreira)


Menções honrosas:
Francis Ford Coppola - Agora Você é um Homem - aos 27 anos
François Truffaut - Os Incompreendidos - aos 27 anos
Sofia Coppola - As Virgens Suicidas - aos 27 anos
Esmir Filho - Os Famosos e os Duendes da Morte - aos 27 anos
Paul Thomas Anderson - Jogada de Risco - aos 24 anos
Tim Burton - A Grande Aventura de Pee-Wee - aos 26 anos
George Lucas - THX 1138 - aos 27 anos
John Carpenter - Dark Star - aos 26 anos
Robert Zemeckis - Febre de Juventude - aos 26 anos
Matheus Souza - Apenas o Fim - aos 20 anos


Veja ainda: "10 Filmes Dirigidos por Mulheres"

sábado, 21 de maio de 2011

10 Filmes Narrados Sob Diferentes Pontos de Vista



Todo mundo tem seu lado da história.
No cinema, as histórias costumam ter um único foco narrativo, em nome da linearidade, mas quando os roteiristas decidem explorar mais visões dos mesmos fatos, o filme pode ganhar um tempero especial.
Esta lista traz 10 filmes que exploram vários pontos de vista. 


1.  Rashomon (clássico de Akira Kurosawa de 1950, descreve através de quatro relatos diferentes, um assassinato e um estupro. as versões são contadas pelo ponto de vista do bandido, de um lenhador junto com um sacerdote, da mulher do samurai, que foi estuprada e do próprio samurai assassinado, através de um médium. um filme inovador)


2.  Ponto de Vista (dois agentes do Serviço Secreto designados para proteger o presidente americano num comício na Espanha, onde ele acaba sendo baleado. a partir daí é mostrada a perspectiva de várias pessoas presentes sobre os mesmos 15 minutos, antes e depois do tiro. a ideia narrativa é melhor que o filme em si, que deriva para uma ação banal)


3.  Elefante (num dia comum, numa tranquila escola secundária de Portland, dois estudantes armados começam a matar seus colegas indiscriminadamente, num massacre de grandes proporções narrado sob vários pontos de vista. grande filme de Gus Van Sant, vencedor da Palma de Ouro em Cannes)


4.  Babel (no deserto do Marrocos um ônibus de turistas é atingido por um tiro e uma americana é baleada. a partir daí conhecemos o ponto de vista dos turistas, do atirador, do dono da arma e, numa trama paralela, mas simultânea, a babá dos filhos da vítima. um filme mosaico de Alejandro Iñarritu, com ótimo roteiro de Guillermo Arriaga e um excelente elenco)


5.  Crash (um acidente de carro em Los Angeles é o ponto de convergência da história de vários personagens, que chegaram até ali por motivos diferentes. uma trama intrincada que fala de preconceitos sociais e raciais e levou três Oscars, de filme, edição e roteiro original, do também diretor Paul Haggis)


6.  Quatro Confissões (um trapaceiro, um padre e um minerador conversam numa estção de trem sobre o julgamento de um bandoleiro - Paul Newman -que confessou o crime, mas três testemunhas o inocentam, contando seu lado da história, incluindo a vítima através de um indígena com poderes mediúnicos. versão faroeste do clássico Rashomon, dirigida pelo ótimo Martin Ritt em 1964)


7.  Pulp Fiction (três histórias são contadas fora de ordem cronológica e acabam se encontrando sob diferentes pontos de vista. o diretor Quentin Tarantino costuma utilizar esse recurso em seus filmes, é uma de suas marcas registradas. aqui acertou em cheio)


8.  Bobby (no hotel Ambasador de Los Angeles em 1968, o político Robert Kennedy, virtual candidato à presidência, foi assassinado. o filme acompanha 22 diferentes personagens ao longo do dia do crime. um ótimo filme de Emilio Estevez, que foi indicado ao Golden Globe)


9.  Vamos Nessa (é véspera de natal, uma jovem funcionária de um supermercado precisa de dinheiro para o aluguel, seu colega quer dinheiro para viajar e dois atores querem comprar ecstasy. todos se envolvem numa noite bastante agitada, recontada três vezes sob difeentes pontos de vista. delicioso filme de Doug Liman)


10.  Crimes em Wonderland (um assalto que culminou na morte de quatro pessoas na rua Wonderland em Los Angeles em 1981, chamou a atenção, pois envolveu o lendário ator pornô Jon Holmes - Val KIlmer -, no fundo do poço. a história é contada sob diferentes pontos de vista e de forma não linear. esta história real merecia um diretor melhor que James Cox, mas é assistível)


Veja ainda: "10 Filmes com Múltiplos Atores no Mesmo Papel"



sábado, 7 de maio de 2011

10 Filmes de Juliette Binoche



Juliette Binoche nasceu em Paris, filha de uma atriz em um escultor, no dia 9 de março de 1964.
Descendente de brasileiros, flamengos, franceses, marroquinos e poloneses, teve seus avós maternos, poloneses e católicos, levados ao campo concentração de Auschwitz, por serem considerados "intelectuais".
Atuou em 44 filmes desde os 18 anos, tendo sido indicada ao César pela primeira vez de oito até aqui (por Rendez-Vous) aos 21 anos. Ganhou um Oscar de atriz coadjuvante por "O Paciente Inglês" e o prêmio de melhor atriz em Cannes 2010 por "Cópia Fiel".
Esta lista traz 10 dos filmes de Juliette. Apenas uma amostra do seu ótimo trabalho.


1.  Cópia Fiel (brilhante exercício de metalinguagem, confundindo o encontro de um escritor e uma marchand na Toscana, com o livro sobre cópias e um casal com uma história de 15 anos, que eles reproduzem ou copiam... Kiarostami, mesmo fora do Irã, é um cineasta precioso, que sabe mexer com a imaginação e dar fluidez à narrativa. belo filme que deu a Juliette o prêmio principal de Cannes)


2.  A Liberdade é Azul (após um trágico acidente de carro, uma famosa modelo internacional - Juliette - perde o marido e a filha pequena. ela tenta o suicídio e tem que conviver com outras dores, como a mãe doente e a amante grávida do marido. um filme dolorido e genial, a obra-prima do polonês Krzysztof Kieslowski)


3.  O Paciente Inglês (no final da segunda guerra, uma enfermeira canadense - Juliette -, na Toscana, cuida de um piloto inglês seriamente queimado num acidente de avião. durante sua recuperação, ele relembra seu passado e um tórrido romance que teve. o filme levou 9 Oscars, inclusive de melhor filme, diretor para Anthony Minghella e atriz coadjuvante para Binoche, embora não fosse coadjuvante)


4.  A Insustentável Leveza do Ser (na Praga de 1968, um médico - Daniel Day Lewis - procura passar ao largo do ambiente político e concentrar-se na própria felicidade. apesar de não querer compromisso, envolve-se num triângulo amoroso com uma artista plástica - Lena Olin - e uma bela garçonete, que sonha ser fotógrafa - Juliette - e a chegada do comunismo acaba por afetá-los. adaptação de Jean-Claude Carrière para o best-seller de Milan Kundera e dirigido por Philip Kaufman. ótimo filme, que tornou Binoche numa estrela internacional)


5.  Paris (Romain Duris é um parisiense que está doente e a expectativa de morrer em breve, o faz dar mais valor à vida. cuidado pela sua irmã, assistente social, e convivendo com seus sobrinhos, passa a observar a vida da cidade através de histórias que se entrelaçam com a sua, ainda que só a tangenciem. luminosa presença de Juliette Binoche como sua irmã num bonito filme)


6.  Perdas e Danos (Jeremy Irons é um dos líderes do parlamento inglês, um homem de reputação exemplar, até se apaixonar pela noiva de seu filho - Juliette - e envolver-se num romance tão arrebatador, quanto perigoso. um filme sensual e tenso do ótimo Louis Malle)


7.  Chocolate (uma mulher - Binoche - e sua filha chegam a uma pequena cidade rural da França e abrem uma chocolateria. os moradores, muito fechados e religiosos, a princípio desconfiam da nova moradora, mas aos poucos se encantam pelos doces e a acolhem. simpático drama romântico, indicado a 5 Oscars, inclusive de melhor atriz para Juliette)


8.  Fuso Horário do Amor (Jean Reno é um homem de negócios correndo atrás da mulher que ainda ama, Juliette Binoche é uma cabeleireira bem perua fugindo do homem que não quer amar mais. os destinos dos dois se cruzam num aeroporto de Paris, com destinos e histórias opostos. greves, mau tempo e outros incidentes os obrigam a dividir um quarto de hotel e... se apaixonar. uma deliciosa comédia romântica)


9.  O Cavaleiro do Telhado e a Dama das Sombras (em 1832, quando a cólera vitima o sul da França, um jovem oficial italiano - Olivier Martinez -, perseguido pela polícia secreta austríaca ajuda uma mulher - Juliette - a procurar seu marido no caos. uma primorosa reconstituição de época, no filme mais caro já feito na França. um épico emocionante e romântico, que merece ser conhecido)


10.  Caché (um casal - Daniel Auteil e Juliette Binoche - é aterrorizado quando começa a receber uma série de fitas de vídeo mostrando a fachada da sua casa. gradualmente as imagens começam a dar indícios de que quem as gravou conhece bem o homem. um dos melhores filmes de Michael Haneke, que lhe valeu o prêmio de direção em Cannes) 


Veja ainda: "10 Filmes de Natalie Portman"

sexta-feira, 6 de maio de 2011

10 Filmes de Suspense na Estrada



Estradas desertas são o palco perfeito para filmes de suspense.
Nelas tudo pode acontecer e nos filmes... acontece.
Acho que todos vivemos ou ouvimos alguma história fantástica, os roteiristas de cinema também.
Veja uma lista com 10 road movies de suspense ou terror.


1.  A Morte Pede Carona (um jovem viaja sozinho para a Califórnia e dá carona a um psicopata - Rutger Hauer assustador -, que matou outros motoristas pelo caminho. o rapaz consegue escapar, mas passa a ser perseguido implacavelmente e ainda passa a ser acusado das outras mortes. um suspense já clássico, que teve refilmagem e continuações inferiores. dirigido por Robert Harmon em 1986. ótimo) 


2.  Encurralado (Dennis Weaver é um homem que dirige pelas estradas da Califórnia quando começa a ser perseguido e importunado por um enorme caminhão. logo a brincadeira começa a ficar muito perigosa. feito originalmente para televisão em 1971, acabou sendo o primeiro filme dirigido pelo jovem Steven Spielberg a chegar ao cinema e iniciar uma carreira vencedora)


3.  O Mundo Odeia-me (clássico do cinema noir, feito com baixo orçamento e o primeiro a fazer sucesso com uma diretora americana, a ótima Ida Lupino. dois homens numa excursão de pescaria dão carona a um desconhecido armado, que os faz levá-lo até o México, onde pretende matá-los. ótimo filme) 


4.  Olhos Famintos (um casal de irmãos volta para casa das férias por uma estrada quase deserta, quando são ultrapassados por um caminhão em alta velocidade. mais adiante vêem o mesmo caminhão ao lado de uma igreja e um vulto atirar o que parece ser um corpo no esgoto. a partir daí começa uma perseguição aterrorizante) 


5.  Quadrilha de Sádicos (durante uma viagem de carro pela Califórinia - é sempre lá -, uma família resolveu pegar um atalho e acaba sendo perseguida por um grupo de... canibais. clássico trash de Wes Craven feito em 1977. eu acho horrível, mas é cult e teve uma refilmagem recente)


6.  À Prova de Morte (Kurt Russell é um dublê temperamental que tem um carro indestrutível e o utiliza para perseguir e matar belas garotas, até encontrar adversárias a sua altura. divertido e exagerado como os filmes de Tarantino costumam ser)


7.  Implacável Perseguição (Kurt Russell - de novo, agora como vítima - e sua esposa mudam-se pra San Diego - na Califórnia, claro - dirigindo através do deserto, quando o carro deles quebra. um caminhoneiro se prontifica a ajudá-los. ela vai pedir ajuda e ele fica cuidando do carro. ele consegue fazer o carro funcionar e vai atrás dela, que desaparece sem deixar vestígios, iniciando um pesadelo sem fim. roteiro e direção de Jonathan Mostow. interessante)


8.  A Estrada (na América pós-apocaliptica, pai e filho -  Viggo Mortensen e Kodi Smit-McPhee - iniciam uma longa jornada de sobrevivência em direção do oceano, enfrentando obstáculos que vão desde o frio intenso até uma gangue de caçadores canibais. bom e pessimista)


9.  Mad Max (no deserto australiano pós-apacalipse, um ex-policial tem sua família morta por uma gang de motoqueiros e inicia uma perseguição pelas estradas em busca de vingança. filme que revelou Mel Gibson e o próprio cinema da Austrália para o mundo)


10.  Zumbilândia (num mundo dominado por zumbis, um covarde e um aventureiro - Jesse Eisenberg e Woody Harrelson - se unem numa viagem até Los Angeles - na Califórnia!!!! - cada um por seus próprios motivos. no caminho encontram muitos zumbis e duas irmãs - Emma Stone e Abigail Breslin - nada confiáveis. impagável participação de Bill Murray como ele mesmo)


Veja também: "10 Filmes com o Diabo"

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails