segunda-feira, 29 de maio de 2017

10 Filmes Premiados em Cannes 2017


O festival de Cannes foi criado em 1946 e é, de longe, a mais importante das mostras de cinema. De nomes consagrados a diretores estreantes, o festival procura garimpar o que de melhor se produz no mundo.
Nesta 70a. edição, o júri comandado por Pedro Almodóvar dividiu a premiação entre filmes fortes e provocativos.
Esta lista traz 10 filmes que não assisti ainda e, conforme os veja, vou adicionar comentários a cada um dos premiados.

1.  The Square (Palma de Ouro. dirigido pelo sueco Ruben Östlund do ótimo 'Força Maior', é uma sátira mordaz do mundo da cultura. Claes Bang interpreta o arrogante curador de um museu ultrachique de arte vanguardista em Estocolmo. a tal arte conceitual que apresenta é uma paródia de si mesma. o ponto alto é uma performance de um artista imitando um gorila durante um jantar de gala entre os ricos patrocinadores) (clip)

2.  120 Battements par Minute (Grand Prix. do francês  Robin Campillo, roteirista de 'Entre os Muros da Escola' e diretor de 'Eastern Boys' e 'Les Revenants', um drama tocante sobre a indiferença geral quando do surgimento da Aids, emoldurando uma história de amor entre um militante soropositivo e um novato não contaminado. pesado, longo e incômodo) (trailer)

3.  O Estranho que Nós Amamos (Melhor Direção - Sofia Coppola. refilmagem do ponto de vista feminino do suspense 'The Beguiled' de 1971, sobre um cabo da União - Colin Farrel - que, durante a guerra civil americana, é e encontrado ferido e levado para um internato de mulheres, onde causará uma perigosa tensão sexual. no elenco estelar: Nicole Kidman, Krinsten Dunst e Elle Fanning) (trailer)

4.  You Were Never Really Here (Melhor Ator - Joaquin Phoenix e Melhor Roteiro - Lynne Ramsay, baseado no livro de Jonathan Ames. thriller dirigido pela escocesa Lynne Ramsay de 'Precisamos Falar sobre Kevin' sobre um veterano de guerra, que vive de trabalhos marginais, como matar pessoas, e é contratado por um senador para resgatar sua filha pré-adolescente do tráfico sexual. Claro, tudo dá errado) (teaser)

5.  Aus dem Nichts / In the Fade (Melhor Atriz - Diane Kruger. do alemão, de ascendência turca, Fatih Akin dos excelentes 'Contra a Parede' e 'Do Outro Lado'. é um drama sobre uma mulher que se desespera com a morte do marido imigrante e do filho de seis anos num atentado à bomba. depois de um período de depressão, ela decide investigar por conta própria) (trailer)

6.  Nelyubov / Loveless (Prêmio do Júri. do russo Andrey Zvyagintsev de 'Leviathan'. sobre um casal prestes a se divorciar, cujo filho de 12 anos desaparece durante uma das discussões sobre sua custódia, que nenhum deles quer assumir. a cena do garoto escutando em silêncio a briga parece ser de cortar o coração) (trailer)

7.  The Killing of a Sacred Deer (Melhor Roteiro - Yorgos Lanthimos e Efthymis Filippou. do grego Yorgos Lanthimos dos cultuados 'Dente Canino' e 'O Lagosta'. após a morte de um paciente, um brilhante cirurgião cardíaco - Colin Farrell - tenta trazer o filho adolescente deste para o convívio de sua família disfuncional. o rapaz então se vinga envenenando os filhos do médico. o estilo desconcertante do diretor/roteirista se sobrepõe à trama) (clip

8.  Jeune Femme (Camera d'Or - Léonor Serraille. a diretora estreante francesa conta a história de uma jovem mulher de 31 anos que após brigar com seu namorado dominador, perambula sozinha por Paris com seu gato, feliz com as novas perspectivas e buscando abrigo com amigos e conhecidos. um retrato otimista de sua geração)

9.  Makala (Grande Prêmio da Semana da Crítica. documentário do francês Emmanuel Gras. no Congo, um jovem carvoeiro sonha com um futuro melhor para sua família. com sua força de vontade, leva o máximo de carvão que consegue para vender na cidade. críticos destacaram a repetição exaustiva das desgraças da vida da personagem, um coitadismo bem ao gosto do presidente deste júri, o brasileiro Kléber Mendonça Filho)

10.  Lerd / A Man of Integrity (Prêmio Um Certo Olhar. o júri desta mostra paralela, presidido por Uma Thurman escolheu o drama do iraniano Mohammad Rasoulof. seu filme foi feito em segredo, com poucos recursos para driblar a censura do país. estuda os efeitos da corrupção na vida de um homem e sua família. um homem honesto decide sair de Teerã com a mulher e o filho para uma vida mais tranquila no campo, onde cria peixes dourados, enquanto sua mulher é diretora de escola. aos poucos ele vê o ambiente que o rodeia se contaminando de corrupção, chantagens e extorsões, mas tenta manter sua honestidade)

Extra:  Gabriel e a Montanha (Visionary Award - Semana da Crítica. o único filme brasileiro premiado este ano, dirigido por Fellipe Barbosa, do ótimo 'Casa Grande'. um jovem aventureiro cheio de planos para sua vida acadêmica, antes de ingressar numa universidade americana, decide partir para a África. durante a viagem, decide subir o Monte Mulanje, um dos mais altos do Malawi. por conta disso, sua história se torna trágica. deve ser um bom filme) (clip


Veja ainda: "Os 10 Vencedores de Cannes (2001-2010)"





Um comentário:

  1. Boa tarde! Que bom que voltou! O blog já fazia muita falta!
    Pretendo assistir os filmes do Festival de Cannes, vou anotar os nomes.
    E espero que venham mais novas listas.
    Abraços, Germano.

    ResponderExcluir

Todo comentário do Listas de 10 será moderado para evitar abusos.
Por isso mesmo, não são publicados imediatamente. Seja paciente!
Ao final de seu comentário, identifique-se! É chato conversar com anônimos.
Obrigado!

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails